segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Carta-Resposta

Querida Amargura,

Gostei muito de receber seus sentimentos.

Antes de engavetá-los, resolvi considerar todos os relatos e dar um parecer.

Ultimamente eu dou um sorriso todos os dias as 06:45 da manhã, e mais um as 07:30. Depois não mais.

Entre um mundo e outro, eu dou um pulo, pra não cair na valeta que separa, na insegurança que segura.

Por isso, ganhei botas novas, um dia desses...

Agora eu até que piso macio.

Eu vejo o dia claro por apenas um segundo, que é quando eu vejo o meu mundo. O meu mesmo, onde ninguém me dá de presente beijos doces e em seguida, palavras estúpidas...

Ganhei um brilho nos olhos, que não é meu, um brilho que vejo diariamente, e graças a Deus, entre uma comemoração e outra, eles me olham, me mostram o que de dentro ninguém tira. O que nasceu em meados de 1993.

Ganhei um pote de saudade, que ta ali no meu armário.

Se a saudade fosse boa pra mim, não viria enclausurada.

Voaria livre e pousaria na minha janela, que vive aberta, esperando voltar o que se foi junto com os versos livres.


É! Presente atrás de presente... E ainda nem é natal.

Frustração atrás de frustração... E ainda nem me dão toda a razão.


Vou enviar a dor nessa carta-resposta, cara Amargura.

Minha gaveta já está abarrotada demais.





Abarrotada de frases duras que eu tentei deixar pra trás.

6 comentários:

ARCANO disse...

Suas palavras sao intensamente brilhantes (:

Anônimo disse...

Nossa REBECA,um poema muito lindo que mostra uma pessoa que não se deixa abalar por todas as coisas ruins que viveu,mas duvido que uma menina linda de 17 anos possa ter sofrido tanto.Uma dica:Leia o livro SEM PERDÃO não me lembro o autor,mas os finais são incríveis,eu também escrevo contos e os finais são de fazer as pessoas(mulheres )me chingarem este poema é LEVANTA SACODE A POEIRA E DA VOLTA POR CIMA(sabia que foi um físico muito respeitado no brasil e no mundo que compos e fez a letra?)Eu vou mandar um e1/2(um e mail)se quizer me adicione no teu msn.

Celo Aglio disse...

impressionante... sua sutileza deixou-me boquiaberto!
com certeza ganhou um fã, poetisa :)

Talita disse...

Menina que texto liiindoo, Ameeeeeeeeeey *--------*

Pedro disse...

parece tão real

Tiago Faller disse...

Menine, tu escreve de mais! =O

Sempre me surpreendo quando entro aqui...