quinta-feira, 20 de maio de 2010

Eu já devia saber dos começos... Sempre tão equilibradamente perfeitos, metrificados, desmedidos, intensos e eternos.


Até chegar o meio.

Um comentário:

Will disse...

e consequentemente o fim